in ,

“Competência Investidor”?

O investidor disciplinado conquista bônus.

Competência Investidor

Começar a investir, assim como perseverar em uma dieta emagrecedora, não é algo tão simples ou fácil, ainda que seja possível para qualquer pessoa economicamente ativa.

Engana-se quem pensa que para se tornar um investidor é necessário ter alto salário ou fazer aportes volumosos periodicamente.

No entanto, é fundamental que:

  1. Exista uma renda;
  2. Exista um controle racional de gastos;
  3. Os investimentos obedeçam a uma cadência e periodicidade.

Para prosperar na trajetória como investidor é essencial, antes de tudo, que “se mude a chave”. Em outras palavras, requer abandonar a mentalidade limitante de pobreza e parar de vibrar na escassez.

O investidor disciplinado conquista bônus. No longo prazo, é capaz de atender suas demandas pessoais, de estar preparado minimamente para os imprevistos podendo, inclusive, se aposentar do trabalho formal antes do tempo previsto para fazer aquilo que sempre desejou.

Tomando como analogia a contribuição de Scott B. Parry sobre Competência (o famoso CHA), um bom investidor deve ter:

  • Conhecimento: acerca de dados e informações relevantes para uma montagem de carteira equilibrada, diversificada e que atenda ao seu perfil;
  • Habilidade: para aplicar o conhecimento, promovendo o rebalanciamento dos ativos quando for o caso;
  • Atitude: para querer se tornar um investidor em potencial.

O leitor pode perceber que a sincronia entre os elementos do CHA é essencial para ter sucesso com a “competência” de ser um investidor.

Um outro aspecto bastante relevante é a persistência e visão de longo prazo. Claro que o investidor pode planejar alcançar determinado objetivo dentro de poucos meses ou até 1 ano. Porém, este não deve ser o único fim dos investimentos.

Faz-se necessário organizar e distribuir as metas na carteira obedecendo os seguintes critérios para cada uma delas:

  1. Valor (real)
  2. Prazo para resgate
  3. Risco que consegue suportar

Posto isto, fica evidente que os elementos qualitativos são essenciais para o sucesso na trajetória do investidor. Dentre esses elementos, vale destacar educação financeira, foco, persistência, mentalidade de crescimento e obviamente, objetivos claramente definidos.

Leia mais artigos da autora…

Written by Nayra Lais

Autora. Administradora, especialista em Gestão de Pessoas, Especialista em Marketing e Especialista em Políticas Públicas. Mestranda em Administração Pública. Servidora Pública Federal.
Educadora e consultora financeira apaixonada por finanças, palestrante, investidora, autora da revista virtual “Economia em Pauta”.
Ministrou palestras e cursos na Procuradoria Federal no Estado da Paraíba (AGU), INSS, Ministério Público da Paraíba, Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, Universidade Federal da Paraíba e IFPI. Além disso, presta consultoria financeira a diversos públicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Episodio 27 – chegamos à metade!

ABERTURA DE MERCADO – 13/05/2022