in

5 passos para organizar as finanças e começar a investir

 

 

 Saiba como planejar a sua vida financeira para se tornar um investidor

Chegar no final do mês e ainda ter dinheiro em conta é o desejo de todo mundo, não é mesmo? E se, além de estar com a conta bancária no positivo, você ainda conseguir aquela renda boa com investimento? Pode até parecer sonho, mas é fácil de colocar em prática. Veja, a seguir, as dicas que compartilho para você organizar as finanças e começar a investir

5 passos para organizar as suas finanças e começar a investir

 

  1. Faça o seu planejamento financeiro

O primeiro passo para organizar as suas finanças é calculando o seu custo de vida, entendendo como está sendo o seu comportamento, quais são as suas dívidas atuais, os tipos de despesas, as contas e demais gastos que possui. Por isso, é importante colocar no papel as suas fontes de renda de um lado e do outro, a lista com os custos fixos como aluguel, luz, água, internet, entre outros. Some e descubra o valor mensal dessas despesas, que será o seu custo de vida.  

O valor que sobra é o que você tem para os custos variáveis, investimento e para uma reserva de emergência

 

  1. Defina metas

Se você deseja organizar as finanças e começar a investir, é importante ter um objetivo financeiro definido para alcançar e não apenas guardar o dinheiro que sobrar no mês. Para isso, você deve ter uma divisão do seu salário. Eu criei um método de porcentagem bem dividido que vou compartilhar, abaixo. 

 

55%: GASTOS ESSENCIAIS

20%: INVESTIMENTO CURTO PRAZO

10%: INVESTIMENTO LONGO PRAZO

10%: DIVERSÃO

05%: EDUCAÇÃO 

 

  1. Poupe gastos dispensáveis 

Com as dicas compartilhadas acima, fica mais fácil entender para onde vai o seu dinheiro, não é mesmo? Assim, você consegue controlar aquelas despesas que não são tão necessárias ou aquelas que não poderá pagar. É sempre importante se perguntar se realmente precisa daquilo, se vale a pena e optar por gastos que são essenciais

 

  1. Esqueça o cartão de crédito  

É como diz aquele velho ditado “se você não tem dinheiro, não poderá comprar”. Não é mesmo? O cartão de crédito é o maior facilitador das dívidas, principalmente, para aquelas pessoas que não têm muito controle sobre os seus gastos. Faça um teste e experimente ficar um mês sem o seu cartão, comprando apenas o que você pode pagar à vista. Assim, você terá mais dinheiro para investir ou guardar para comprar algo que você realmente deseja

 

  1. Identifique o seu perfil de investidor

Depois de organizar as suas finanças, o próximo passo é fazer o dinheiro trabalhar para você. Sabe como? Apostando no investimento. Para começar, você precisa conhecer os perfis de investidor e identificar qual mais combina com a sua personalidade, seu estilo de vida e objetivo. Existem 3 principais perfis: o conservador, o moderado e o agressivo ou arrojado. O primeiro é indicado para aquelas pessoas que procuram mais segurança na hora de investir, o último prioriza os rendimentos, mesmo correndo riscos e o moderado é o meio termo entre os dois. Eu expliquei um pouco sobre cada um nesse artigo aqui. 

 

Já está preparado para organizar as finanças e começar a investir? Coloque todas essas dicas em prática, livre-se das dívidas para deixar sua vida financeira mais tranquila e fazer o seu dinheiro render.

Continue por dentro das melhores informações e novidades sobre o mercado financeiro aqui no Olhar Econômico. E se desejar uma consultoria para organizar as suas finanças, fala comigo que eu posso te ajudar! 

 

 

Written by

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pensamentos Destilados

Rendimentos mágicos?